“Fazei de mim um instrumento de vossa paz!”

Usado na Páscoa, no Natal, nas Festas do Senhor, nas Festas de Nossa Senhora e dos Santos, exceto dos mártires. Simboliza alegria, ressurreição, vitória, pureza e alegria.

25/04/2018 - Ano: C
Cor Litúrgica: Branco (Saiba porque!)

São Pedro Batista, São Paulo Miki e companheiros, mártires, da Ordem I e III


              Pedro Batista nasceu na Espanha no ano de 1542. Feitos os estudos eclesiásticos e ordenado sacerdote, partiu para o Oriente a fim de pregar o Evangelho, trabalhando por longos anos nas Ilhas Filipinas. Em 1593, mandado para o Japão com mais cinco confrades, dedicou-se ao trabalho de conversão dos japoneses, convertendo muitos à fé. Construiu igrejas e hospitais. Mas, por questões políticas e religiosas surgidas na região, todo o trabalho foi interrompido, e Pedra Batista foi preso e levado a Nagasakí, entre zombarias e ultrajes do povo, e ali foi crucificado com seus confrades franciscanos, três jesuítas e quinze irmãs da Ordem Terceira, consumando o glorioso martírio no dia 5 de fevereiro de 1597.